"Através da pintura eu me apresento, mostro quem sou e como penso. Pinto por prazer, só aquilo que me sensibiliza, por isso não me preocupo em seguir uma determinada corrente artística."

 

Sobre o Artista

Com a engenharia ganhei o desenho meticuloso e o cuidado no uso dos materiais. A metodologia para iniciar na pintura, eu aprendi nos livros."

ADALSINO VALENTIM nasceu no Porto, em Portugal, no dia 3 de setembro de 1951. Filho de lavradores, veio com os pais e seus dois irmãos para o Brasil, três anos depois.

Foi morar numa casa da Travessa Santa Martinha, no bairro da Abolição, subúrbio do Rio de Janeiro.

Desde menino sempre gostou de poesia e desenho, linguagens que empregava para contar e retratar as brincadeiras de rua e as mazelas do bairro onde morava.

Na adolescência cursou engenharia, pois se supunha que como engenheiro teria um futuro promissor. Esta decisão o afastou por um longo tempo do sonho de se tornar artista.

Em setembtro de 1992 sua vocação aflorou definitivamente quando o irmão mais velho lhe deu de presente material de pintura. A partir daí o engenheiro, pintor e poeta se pôs a produzir telas com passarinhos, crianças e tudo o mais que trazia desde menino e que, até hoje, servem de tema para os seus trabalhos.

Atualmente mora no Rio de Janeiro, é casado com Ana Maria e têm um casal de filhos, Ana Luisa e Daniel, seus incansáveis incentivadores.

Como ele diz, suas obras, de desenho rigoroso e de cores ingênuas, são dirigidas ao observador despretensioso e simples, parecido com os personagens que habitaram a sua infância e que, com ele, viveram pelas calçadas e guetos daquela antiga região perdida no subúrbio do Rio.

 

 

"Sei que os cuidados empregados na elaboração de um quadro não garantem a sua qualidade como obra de arte. Mesmo assim, me esforço em obter, na etapa de criação, uma condição favorável para assegurar maior durabilidade às minhas obras."

Passarim - Raphael Rabello
00:00 / 00:00

Todos os direitos reservados © Sino Valentim - 2015-2020