As pipas

Nas manhãs ensolaradas

Os meninos desafiavam

Tá com medo tabarel?

Solta a linha do carretel...

E tenteando as pipas até bem longe

Cruzavam com elas o azul...

Debicavam dando rasante nas árvores... nas chaminés...

Planavam sobre a silhueta embaçada dos telhados distantes.

Quando o braço cansava

Eram largadas no firmamento sem destino

Enfeitando ainda mais o céu na minha infância...

Nas manhãs de agora sem desafios,

Para onde foram os amigos da Travessa

Que sonhavam comigo os meus primeiros planos de voo?

Sino Valentim

(Os Meninos da Travessa /fragmento)

As pipas

As pipas

Óleo sobre tela Dimensão: 1,35x0,80m

As pipas

As pipas

Detalhe

As pipas

As pipas

Detalhe

As pipas

As pipas

Detalhe

DSC_0277.JPG

DSC_0277.JPG

Passarim - Raphael Rabello
00:00 / 00:00

Todos os direitos reservados © Sino Valentim - 2015-2020